Hipsters, Mudérnus, Disainers: ELLO chegou!

Ello, só para os 'cool'

Ello, só para os ‘cool’

wow todo mundo eh hipster no ello??? (1º impacto do meu amigo André Moraes)

Reza a lenda que o boom desta nova rede social Ello, se deu graças a pisada de bola do Zuckerberg com a comunidade de Drag Queens – ao exigir que elas se registrassem com seus nomes verdadeiros – e não seus nomes de guerra. Pra você ver, que não é só no Brasil que prosperam Bolsonaros, Joões Campos, Felicianos, Magnos Maltas, Eduardos Cunhas, Apolinários, Crivellas, Demóstenes e a capitã Dilma Roussef, em suas cruzadas contra as comunidades LGBT.

Assim, de um átimo para outro, acharam acolhida em outras bandas. Chiquérrima, a rede que nasceu das mãos do designer Budnitz e outros 6 artistas, designers e programadores, é super clean e já está sendo chamada de anti-faceboook. O bochicho todo está ao redor do Manifesto da rede, que começa agressivamente assim: “Quem manda na sua rede social são os anunciantes.” Traduzi abaixo o manifesto completo.

Mas a tônica das crenças da rede está em preservar a sua privacidade, não vendendo seus dados; em não ter publicidade (para não enfeiar o design da rede, rs) e em BELEZA. Porque como diriam Vinicius de Morais “As muito feias que me perdoem. Mas beleza é fundamental.”

E tem até manual pra ser mudérno! Já te colocam nos “trilhos” na 1ª. mensagem de “boas-vindas”: “Olá Beia, aqui alguns de nossos perfis prediletos”. E aí, cara, se segura! É só campeão. Terra dos mudérrnos hipsters, fotos incríveis e o escambal em design. É a Patrulha da Estética! Quem viver, verá! Vamos ver onde estarão 5 years from now!

Não deixa de ser impressionante o crescimento exponencial da rede, aberta ao público pouco mais de um mês, com a estratégia de entrada “apenas com convites”. Quem se lembra da (mala) onda do Google Wave “invitation-only”? Parece que aqui está dando certo: há registros de convites Ello vendidos no eBay por mais de US $500! E a rede está recebendo mais de 35.000 pedidos de participação por hora! Resultado de uma onda viral recente.

Ello grew at an incredible rate this week

Ello grew at an incredible rate this week

Eles avisam que ainda estão em modo beta. Ontem recebi uma cartinha deles que explica os novos features que já estão em funcionamento, “resultado do trabalho dos programadores que passaram a noite em claro”. E abaixo todos os que ainda estão por vir.

Minha Capa Cool: Ello 2020

Minha Capa Cool: Ello 2020

Meu amigo Alex Anunciato me diz que aqui não tem “like”. Que Ello é um misto de Facebook com Twitter. Eu achei que – em termos de funcionamento de rede social – parece uma rede pre Orkut. Mas como só tem 1 mês de vida, vamos ver quais das atuais redes estarão tomando champagne em 2020.

Manifesto Ello
Quem manda nas sua rede social são os anunciantes.
Cada post que você compartilha, cada novo amigo, cada link que você segue é registrado, gravado e convertido em dados.
Anunciantes compram esses dados para poder lhe mostrar mais anúncios.
Você é o produto que está sendo comprado e vendido.

Nós acreditamos que existe um jeito melhor. Nós acreditamos em audácia. Nós acreditamos em beleza, simplicidade e transparência. Nós acreditamos que as pessoas que fazem coisas e as pessoas que usam essas coisas deveriam ser parceiras.

Nós acreditamos que uma rede social pode ser uma ferramenta para o empoderamento. E não uma ferramenta para enganar, coagir e manipular — mas um lugar para conectar, criar e celebrar a vida.

Você não é um produto.
concorda não concorda

Concordo!

Concordo!

NOTA:
Foto Beia by Egydio Zuanazzi

Tags: , , , , , , , ,

Posts:

leave a comment