Cada país tem a faixa que merece

Boneca Dilma criada pelo artista Marcus Baby

Boneca Dilma criada pelo artista Marcus Baby


Hoje faz 1 semana que a ciclofaixa ficou pronta na rua que eu moro. Nesses 7 dias não ouvi 1 elogio sequer. Um uníssono do contra. Mais que do contra, o jeito de blasfemar parecia ensaiado, raivoso: “putz, não acredito, aqui também puseram essas faixas? Que saco!”

Comecei a pensar o que todas essas pessoas-do-contra tinham em comum. Aparentemente, nada. Um taxista, o porteiro, uma amiga, um amigo, um caminhante, o cara que vende no sinal. Gente mais velha, mais moça. Gente do bairro, gente de longe.

Como é que tanta gente tão distinta é tão ostensivamente contra? Ah, sim, todos são brasileiros!

E hoje, pra coroar este assunto que vinha me coçando a semana toda, me deparei com esse vídeo, postado há exatos 7 dias com mais de 200.000 visualizações.
Eu que nunca concordei com esse ditado, passei a acreditar nele nesta semana: “cada povo tem o governo que merece”.

E aposto, que todos esses do contra, acham os 400 km de ciclovias de Amsterdam “o máximo”. E com certeza, também odeiam congestionamentos e a quantidade absurda de carros pelas ruas da capital a todo e qualquer momento do dia.

Ciclofaixas

Ciclofaixas

Ah, em tempo, sim houve uma exceção: meu amigo de Facebook, Mentor Neto, postou no dia 11: “… andando pela cidade e vendo as ciclovias bem sinalizadas, pintadas de vermelho, com duas mãos claramente indicadas e olhos de gato nos limites, dá orgulho da cidade.”

Bato palmas para os ciclistas que valentemente conseguiram, em tão pouco tempo, mudar a cara da cidade. Com muita luta e infelizmente, com algumas vidas.
#eugostodasciclofaixas

Tags: , , , , , , ,

Posts:

One comment

  1. Beia, li seu post, depois reli e a dúvida permanece: você não gosta de bicicletas,, de ciclovias ou de ciclovias na sua rua? Alguns amigos meus já haviam previsto a reação dos moradores de Higienópolis, baseados na arruaça anterior causada pelo plano da estação do metrô. Honestamente achei até graça, mas não vi você entre os que pudessem protestar. Muito ao contrário. Achei que vc seria a primeira a pedalar na ciclovia tão perto de vc… 🙁

leave a comment